Nossa História

A Igreja Batista da Graça, de Salvador, recebeu este nome por razões geográficas. Em face de visões divergentes, um grupo de membros da Igreja Batista Sião passou a reunir-se na Avenida Euclides da Cunha, no bairro da Graça e decidiu organizar-se em igreja. A organização oficial se deu no dia 26 de Novembro de 1966, sob a liderança do Pr. James Palmer Kirk com 67 membros.

Em. 1969 o Pr. James Palmer Kirk que presidiu a igreja entre 26.11.1966 e 02.03.1969, deixou o pastorado, assumindo a função o Pr. Jurandir Rocha o qual presidiu a Igreja entre 02.03.69 a 11.03.197

Em seguida, o Pr. Djalma Rosa Torres assumiu o pastorado e presidiu a igreja entre 17.09.1970 e 23.03.1975. Nesse período, a Igreja estava à procura de um terreno para mudar-se, em face do crescimento numérico, sendo liderada nesse processo por uma comissão, tendo Clériston Andrade como relator.

No contexto de procura, a Prefeitura do Salvador doa à Igreja, um terreno localizado na Federação, próximo ao bairro da Graça, com cláusula que condicionava a doação à construção de um Centro Comunitário. Foi, então, organizado o Centro Comunitário Batista da Graça.

O Pr. Djalma Torres deixou a liderança da Igreja e, em 21.02.1976 o Pr. Tarsis Wallace Rodrigues Lemos, recém-formado pelo Seminário Teológico Batista do Norte do Brasil, assumiu o pastorado tendo presidido a igreja até 31.05.2003

Foi nesse período que a Igreja concluiu a construção do complexo onde funciona sua sede e o Centro Comunitário que deixou de ser chamado “Batista da Graça” para ser “Batista Clériston Andrade”, em homenagem a este membro fundador e destacado líder, falecido em outubro de 1982

Também nesse período de pastorado, passaram a fazer parte da equipe pastoral, os pastores Amauri Munguba Cardoso (02.1993 – 02.2002) que presidiu a igreja entre 22.03.1998 e 28.02.2000 e José Mário Jesus dos Santos (16.04.2000 – 30.08.2005) que presidiu a igreja interinamente entre 01.06.2003 e 31.01.2005.

A Igreja que iniciou a trajetória com 67 membros, conta, em dezembro de 2008, com 1109 membros – pessoas com direito a voto nas assembléias democráticas da igreja – , tendo passado por seu rol de membros, até dezembro de 2008, 1660 membros.